Revendo conceitos, combatendo heresias e defendendo a fé original
** Deseja nos enviar uma crítica, dúvida ou sugestão? Visite a Página de Contato e deixe seu recado! Faça seus estudos bíblicos rápidos de maneira prática e eficaz... conheça nosso recurso online para Estudo Pessoal!
O artigo "Doutrina de Demônios", que por muito tempo foi o mais lido do blog, está sendo reescrito! Por se tratar de um artigo extenso, será repostado em partes. Aguarde!
Para acompanhar novos artigos, curta nossa página no Facebook ou nos siga no Twitter.

Morte: Natural ou Hereditária?

O autenticismo não apoia o conceito de pecado original, por não fazer parte da doutrina autêntica ensinada pela palavra de deus. Saiba o que as Escrituras, racionalmente interpretadas, dizem a respeito

O MOTIVO DA EXPULSÃO DE ADÃO E EVA

A humanidade desde seu início, assim como os animais, era mortal.
A morte de Adão e Eva não foi um castigo divino por eles terem comido do fruto proibido.
O motivo da expulsão de Adão e Eva do paraíso, foi:
"Então disse Javé Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente,
Javé Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado."
(Gênesis 3:22-23)

Deus deixa claro que o homem só teria vida eterna se comesse da árvore da vida.
O homem  morreria de qualquer forma, pois ainda não tinha vida eterna.

O PECADO NÃO É HEREDITÁRIO

"A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai levará a iniquidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele."
(Ezequiel 18:20)

Alguns usam o seguinte verso para poderem ir contra todo resto da bíblia:
"Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe."
(Salmos 51:5)
Mas o verso diz: "Em pecado me concebeu minha mãe". Não diz: "Com pecado nasci da minha mãe".

Nascemos "neutros". E, à medida que crescemos, é despertado em nossas mentes o conhecimento do bem e do mal, assim como em Adão e Eva quando comeram do fruto. Começamos a enxergar o bem e o mal, assim como Adão e Eva. As alternativas ficam em nossas mãos. E morremos, assim como qualquer humano.

Perceba o que o próprio apóstolo Paulo, que parecia apoiar o conceito de pecado original, disse:
"No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir." (Romanos 5:14)
Isto é prova de que não herdamos a mesma transgressão de Adão.

O QUE JESUS DIRIA?

"E traziam-lhe também meninos, para que ele lhes tocasse; e os discípulos, vendo isto, repreendiam-nos.
Mas Jesus, chamando-os para si, disse: Deixai vir a mim os meninos, e não os impeçais, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo que, qualquer que não receber o reino de Deus como menino, não entrará nele."
(Lucas 18:15-17)

As crianças são puras, dignas do reino.
Se sermos como as crianças, receberemos o reino da perfeição.
Elas não têm pecado.
Não nascemos com pecado, embora num mundo de pecado.

A MORTE NÃO É HEREDITÁRIA, MAS NATURAL

Assim como Adão e Eva não receberam punição da morte pela transgressão, também nós, que ao menos herdamos a transgressão de Adão, morremos como punição pelo pecado.
A morte não é hereditária de pai para filho, mas natural de qualquer ser humano.
É uma lei natural. Como disse Paulo:
"aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" (Hebreus 9:27)

Então, porque diz as Escrituras que o salário do pecado é a morte, e que o pecado gera a morte?
Pois não temos direito à árvore da vida se pecarmos.
Por Adão que entrou o pecado no mundo: No sentido de que, ele influenciou a humanidade. Se Adão não tivesse pecado, seus filhos não pecariam. E por nós pecarmos, não temos direito à vida eterna.

A ÁRVORE DO CONHECIMENTO DO BEM E DO MAL, E A ÁRVORE DA VIDA

Vemos uma perfeita alegoria d"as árvores" do Éden, com nossas vidas.

Conhecimento do bem e do mal
Durante nosso desenvolvimento, adquirimos discernimento do que é certo e do que é errado. É conhecer as opções.
Árvore da vida
A sabedoria, ter o domínio do espírito sobre a alma, saber escolher o bem, é árvore da vida (Provérbios 3:18).  É conhecer o que deve escolher.

JESUS CRISTO x ADÃO

Jesus Cristo é considerado segundo Adão.

Por que?

Ele foi tentado e não pecou.
Ele pode então, comer da Árvore da Vida.
Nasceu perfeito, como qualquer homem, e morreu, como qualquer outro homem naturalmente morre (e isso é uma lei: está ordenado ao homem morrer uma vez).
Depois da morte de Cristo, veio o juízo (e isso é lei: está ordenado ao homem morrer uma vez, vindo depois disto o juízo).
O juízo constatou: Ele é digno de comer da árvore da vida.
Sendo assim, o primeiro homem a ressurgir e experimentar a vida eterna. Trazendo esperança da vida eterna todos que nele crerem.
Adão foi o primeiro homem a não ter direito à vida eterna. Trazendo a morte aos demais que nele crerem.




Nenhum comentário:

Postar um comentário